segunda-feira, novembro 28, 2005

menina...

Uma menina de olhos grandes e espírito forte, andava pela rua sozinha, tinha medo mesmo assim prosseguia passo apos passo, não parava nunca. Temia, talvez se parasse o medo a paralisara ali mesmo e não poderia ir a canto algum.
Andando olhava a sua volta, por vezes ficava maravilhada, outras coisas que via sentia pavor intenso, isso não era o bastante para faze-la parar, prosseguia em seu objetivo.
Ninguém a ajudava, pelo contrario essa menina seguia seu caminho e carregava sobre ombros a responsabilidade de chegar, cobrada ao longo de sua jornada por pessoas dos mais diversos tipos.
- Hey menina! Anda rápido a noite esta chegando e você terá que andar no escuro!
Seus olhos ficavam maiores de medo. Arregalados, e sua perninha quase transavam-se de tanto que ela corria rasteirinho.
Ela se esforçava mas nunca chegava, era valente, determinada...
Andou, andou aos gritos furiosos que a deixavam tonta e desfalecida. No fim do dia não chegou a canto algum só ai notara que havia andado em círculos.
Deitou-se ali mesmo, estava exausta. Havia esgotado toda a sua energia, a vontade era grande de chegar.
Adormeceu, mesmo com o barulho relutante ao sono se entregou. Acordou com o primeiro raiar do sol, seu sono tinha sido inquieto, em sua boca havia sangue.
Nervos estavam aflorados que seus dentes rangeram tanto que as gengivas não agüentaram, romperam-se em sangue. O gosto desagradável a fez acordar, levantou-se e tornou a andar...

3 comentários:

Carolina disse...

Gostei mto disso! Triste e bonito ao mesmo tempo... devia postar com mais frequencia! =P

Anônimo disse...

Não deixe de lutar nunca. Sabe que pode contar sempre com os amigos!

Quel disse...

querida.... to sumida eu sei....mas tenho motivos viu? vou aparecer no msn.
quero saber de vc, bjs