domingo, agosto 14, 2005

Uma carta para você que não vai ler

Uma carta para você que não vai ler

Você não me conhece eu bem sei, não se interessa em me conhecer disso estou sabendo também. Porque escrevo? Não sei.. você não vai ler isso mesmo.

Queria que um dia as coisas fossem distintas, mas quem sou eu para mudar preceitos dentro de você?

Eu gosto de sorvete de creme, os de chocolate são fortes demais.

Eu choro por bobeira, sou uma sentimental, canceriana irremediavelmente a flor da pele.

Gosto de cachorros e gatos.

Meu sonho diário é com a arquitetura e os arames, se apaixonam formando uma estrutura onde pessoas podem ver arte, viver, conviver... a Lina Bo me mostrou muitas coisas sem me conhecer.

Lina é a pessoa que mais me impressionou porque via mais longe do que todos e sabia te ouvir como ninguém, e dizer o que ninguém jamais saberia dizer, mesmo não sabendo que eu estava ouvindo, lendo.

Tenho muitos outros sonhos, quem não os tem?

Gosto do sol, gente, alegria, sorrisos.

Cansei! Porque iria ficar escrevendo assim? Para que você não leia... um dia eu tento novamente..

8 comentários:

Lílian disse...

pode ser que uma dia te leiam... continue, continue... sorvete de creme é o melhor! clássico...

Anônimo disse...

Sei lá pq eu tb gosto de sorvete de creme... dizem que é bobo...comum...poderia ter qualquer gosto... pois é... mas, eu gosto... Sabe o que mais? Vivo escrevendo cartas pra quem não vai ler, vivo amando quem não vai me amar, vivo sonhando o que não vou ter, choro lágrimas que gostaria de ter recolhidas, mas, percebo que não há quem queira ou se digne a recolhe-las... mas, invariavelmente, embora haja dor, eu percebo que isso faz parte da vida. Talvez, não da vida que eu queria pra mim, mas da vida como um todo...
Se quem vc gostaria que lesse, não vai ler, problema... não vai ler, pq não sabe o que está perdendo, ou pior; não merece a grandeza do seu universo. Pense nisso!
Bjs no seu coração,
Verônica
www.verossi1000.blogger.com.br

Anônimo disse...

Eu li!
(e gostei)
Também sou canceriana, estudante de arquitetura e adimiradora de Lina Bo Bardi... obras lindas e cheias de sonhos***
(também gosto de sorrisos, sempre)

;*

Thai
www.lucescoloridas.blogger.com.br

Carolina disse...

Amiga, o destinatário não leu (ou ainda não)mas li e amei saber um pouquinho mais de vc. O Rubinho tinha me dito que era arquiteta, mas não que gostava de sorvete de creme, de cães e gatos, e que era canceriana! Pouco sei sobre signos, mas sei que as pessoas que mais amo são cancerianas, minha mãe e meu melhor amigo! Enfim, sei que são das melhores pessoas do mundo!
Bjos

lualil disse...

"escrevo longas cartas pra ninguém e o inverno no Leblon é quase glacial" (A. Calcanhotto)
jinhusss

Quel disse...

:o)
beijos minha querida

Rafaella disse...

Olá, fiquei tão feliz com seu comentário que decidi vir visitar seu cantinho... E! Estou encantada, sabe, por várias vezes eu escrevi essas cartas que ninguém nunca irá lê, eu li a sua, gostei, sabe, eu ainda sou a favor de que se escrevam cartas, de que se apaixonem, de que todo mundo saia por ai pagando micos, porque amam... Ora, ora, é sempre bom lembrar depois. rs. beijos minha querida!

Anônimo disse...

Porque iria ficar escrevendo assim?
PORQUE CERTAMENTE LHE FAZ BEM... E SE LHE FAZ BEM, A MIM TAMBÉM FAZ.

Para que você não leia...
QUANTAS VEZES ESCREVER, QUANTAS VEZES IREI LER...

um dia eu tento novamente..
SEMPRE DEVE TENTAR. MESMO QUE NÃO CONSIGA, TENTE, PORQUE QUANDO VEJO VOCÊ REMAR ME DÁ VONTADE DE CONTINUAR REMANDO.